ABSONANTE

Na busca de Justiça, já cansado da ignorância e da desonestidade intelectual.

quinta-feira, junho 23, 2005

NÃO ENTRA MOSCA MAS EM COMPENSAÇÃO...


O ministro Correia de Campos considerou que o facto de o Hospital de S. João, no Porto, ter uma prevalência de infecções hospitalares que representa o dobro da média dos outros hospitais de Portugal, era culpa dos profissionais de saúde.

Está mesmo a ver-se: ali, médico que não for sujo e porco não entra; médico que lave as mãos é despedido.
Todos os outros hospitais têm médicos limpos e, já se sabe, quando encontram um que não o é, tratam logo de o enviar para o Porto, para o S. João.
É ali que se juntam os médicos e enfermeiros mais porcos de todo o país.

Não valia mais o ministro estar calado? Se as estatísticas apresentadas são verdadeiras, é evidente que a culpa não é dos médicos, nem do pessoal de saúde que ali trabalha. A culpa residirá em quem é responsável pelas condições físicas que o hospital apresenta. Dir-se-ia que a culpa seria do próprio hospital se não houvesse responsáveis, entre eles ministros como este que, ainda por cima, já não é a primeira vez que o é.

Topo

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________


________________________________________________________________________________

Sítios Que Nos "Linkaram"

________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________